Digite seu e-mail para receber nossos informativos:
Imprensa > Release > Ciesp Sorocaba promove seminário para debater a remediação de áreas contaminadas

Release

Ciesp Sorocaba promove seminário para debater a remediação de áreas contaminadas20/03/2013 Além de ter sua credibilidade afetada, empresa que expõe um passivo ambiental está sujeita as penas previstas em lei



Na próxima quinta-feira (21), a diretoria regional do Ciesp Sorocaba – por meio de seu Departamento de Meio Ambiente – promove o Seminário “Remediação de Áreas Contaminadas”, a partir de 12h30. Um dos mais importantes aspectos da gestão ambiental de uma empresa, o tema merece atenção, tendo em vista que a existência de passivo ambiental ocasiona sérias consequências ao meio ambiente e à saúde das pessoas expostas aos contaminantes.

A coordenadora do Departamento de Meio Ambiente do Ciesp Sorocaba, Márcia Serra, alerta que, caso não inicie nenhuma ação para remediar o problema, a organização terá sua credibilidade afetada, além de ficar suscetível as penalidades previstas. Por lei, é considerado área contaminada todo espaço – terreno, local, instalação, edificação ou benfeitoria – que contenha quantidades ou concentrações de matéria em condições que causem ou possam trazer danos à saúde humana, ao meio ambiente ou a outro bem a proteger.

De acordo com o mais recente levantamento realizado pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), divulgado em abril de 2010, o Estado de São Paulo totaliza 3.675 áreas contaminadas, ante 255 contabilizadas em 2002, quando a pesquisa começou a ser feita. Deste total, 13% (382) refere-se a áreas contaminadas relacionadas ao setor industrial.

“Existem inúmeras técnicas de remediação para uma área contaminada: a escolha do método mais indicado – bem como os custos do procedimento – irá variar conforme o resultado do diagnóstico da contaminação, que contempla a execução de uma malha de sondagens mecânicas e coleta de amostras para análise. Dessa forma, é possível determinar o tipo de contaminante (líquido, sólido ou gasoso), o tipo de solo, a interação do contaminante com o ambiente e o grau de contaminação”, esclarece.

Por último, a coordenadora reitera o pedido para que haja uma mobilização ainda maior dos empresários. “É um assunto que merece a especial atenção. Por isso, ao longo da tarde, convidamos especialistas renomados para nos fornecer um amplo panorama: serão apresentados os principais riscos ambientais, passando pelo gerenciamento de áreas contaminadas, até chegar aos cases de sucesso”, finaliza reiterando que, entre as palestras, haverá intervalos e tempo para debate.

Seminário “Remediação de Áreas Contaminadas”
Quando:
quinta, 21 de março, das 12h30 às 18h (previsão de término)
Onde: Ciesp Sorocaba, que fica na Avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3260, em frente ao Paço Municioal
Como participar: evento gratuito, com vagas limitadas. Inscrições e informações pelo site www.ciespsorocaba.com.br ou telefone (15) 4009-2900

Palestras

· 12h30 – Credenciamento

· 13h – Áreas contaminadas: Conceito, Problemas e Gestão

Debatedor: Ero Hermínio Crozera – Graduado em engenharia agronômica pela Faculdade de Agronomia e Zootecnia.

· 14h10 – Estratégias e Risco Ambiental Empresarial

Debatedor: Eng.º Cláudio Guedes – Engenheiro Civil, perito judicial na área de engenharia ambiental.

· 15h40 – Gerenciamento de áreas contaminadas no Estado de São Paulo

Debatedor: Elton Gloeden – Gerente do Departamento de Áreas Contaminadas da CETESB.

· 16h50 – Áreas Contaminadas – Remediação – Casos de Sucesso

Case 1 – Rodrigo Otavio Coelho – Gerente de Projetos Sênior da Conestoga Rovers e Associados (CRA)

Case 2 – Dr. Sander J.T. Eskes – Diretor Técnico da AECOM Remediation Consulting & Engineering no Brasil.

· 18h – Encerramento