DIGITE SEU E-MAIL PARA RECEBER NOSSOS INFORMATIVOS   

RELEASES

CREA beneficiará Engenharia de Segurança do Trabalho com uma Câmara

Sorocaba - 15/03/2010

O Departamento de Segurança e Medicina do Trabalho do CIESP Sorocaba realizou nesta terça-feira (09), a palestra "O CREA/SP e a Segurança do Trabalho", apresentada por Jair Sanches Molina, engenheiro Civil/ Segurança do Trabalho, diretor proprietário da JS Engenharia Ltda e presidente da AEAS.


A palestra teve como centro de discussão a influência que o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA tem na área de Engenharia de Segurança do Trabalho das empresas bem como a relação entre o Conselho, o engenheiro de segurança de trabalho e o técnico de segurança.

Molina explica que a função do CREA é fiscalizar o exercício profissional das áreas registradas no Conselho, mas devido aos diferentes campos atendidos, foram criadas Câmaras especializadas a fim de acatar as especificidades de cada ramo.

A engenharia de Segurança do Trabalho é uma das áreas que será beneficiada por uma Câmara que colocará esta modalidade de engenharia no mesmo padrão das demais.

Há algum tempo atrás foi criada a Câmara de Segurança do Trabalho, mas o CREA encerrou suas atividades por entender que não se tratava de um órgão necessário já que não existia a engenharia do trabalho, conta Molina.

Hoje o cenário é outro e por isso, a ideia voltou a ser discutida pelo CREA. Essa Câmara além de colocar esta modalidade no mesmo padrão das demais, permitirá um trabalho mais criterioso nas questões de segurança do trabalho e dos profissionais da modalidade.

Segundo Jair Molina, o CREA, apesar de ser visto por alguns como algo desnecessário, oferece importantes vantagens, pois trabalha como agente de cobrança para que as empresas contratem profissionais especializados em segurança do trabalho, fiscaliza o cumprimento da legislação de Segurança do Trabalho e também auxilia os trabalhadores que necessitam provar sua experiência através do acervo técnico.

Molina lembra que as empresas não podem exigir o registro do CREA para os técnicos em segurança do trabalho pois eles são desobrigados dessa determinação, sendo necessário apenas a inscrição no Ministério do Trabalho. Algumas empresas exigem o registro profissional do técnico no CREA. No entanto, devido a uma ação promovida pelo sindicato da categoria, o CREA está proibido de registrá-los, explica.

Isabel Mastrandea de Sousa, engenheira civil responsável pela Segurança do Trabalho da GSI Engenharia e Projetos, salienta a importância da atuação do técnico também como um agente fiscalizador dos serviços prestados pelos engenheiros do Trabalho. Os técnicos precisam saber cobrar, exigir a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) para que ele saiba a quem recorrer caso lhe seja prestado um mau serviço. Precisamos denunciar os maus profissionais que existem no mercado, acredito que os técnicos podem e devem apontar os profissionais negligentes ao CREA, conclui.

Divulgação: Assessoria de Imprensa do CIESP Sorocaba - Press Office Comunicação Integrada
Telefone: (15) 3212-4004

associe-se

Veja as vantagens
de ser um associado
É RÁPIDO E FÁCILClique para saber mais

Filtrar por:
   REVISTA CIESP Clique para saber mais
Revista Ciesp

HORA DE REAGIR
Em encontro na sede da Regional, presidentes da Fiesp e...
              leia

Home | Institucional | Serviços | Releases | Agenda | Cursos | Associados | Convênios | Links | Contato